Conjunto Dourado com pedrarias

Conjunto Dourado com pedrarias

R$465.00

Saia do básico, invista no poder desse conjuntinho, de brincão e pulseira dourado, todo cravejado com pedrarias. Exclusividade Mix de Luxo.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Conjunto Dourado com pedrarias”

Sabemos que os acessórios além de essenciais, são bonitos, chiques e elegantes. Imagina então o poder que um Conjunto Dourado com pedrarias, de brinco e pulseira não tem? Mas uma combinação errada pode ter efeito contrário e deixar o visual over. Confira algumas dicas de como usá-lo:

A COR

Por ser uma cor presente em jóias e semijóias há milhares de anos, a cor que representa o ouro, é mais do que sinônimo de riqueza, é poder, requinte, tradição e sofisticação.

Por conta disso, se faz necessário uma atenção redobrada na hora de usá-lo, para não termos o efeito reverso no visual. O ideal é não pesar a mão nesse momento e considerar o estilo de roupa em questão.

De fácil adaptação, essa cor combina com todos os tons de pele, beneficiando ainda mais o poder da colorimetria. A regra aqui diz que peles quentes se destacam melhor com o dourado.

Mas isso não significa que mulheres negras e morenas também não ficam incríveis com esta cor. O contraste entre a jóia e a pele, proporciona um destaque todo diferenciado ao look.

COMBINAÇÃO

O dourado combina muito com compromissos formais, onde aquilo que é chamativo é intencional, como formaturas, por exemplo. Mas, não pense que ele é exclusividade da noite. Dependendo do acessório, como esse lindo Conjunto Dourado com pedrarias, cai muito bem de dia também.

Uma dica é ter em mente que a cor já chama atenção por si só, então não abuse muito das demais cores.

Para equilibrar, opte por peças mais discretas, em tons neutros, como vestidos pretos, brancos e suas variações.

E nada de ficar na dúvida entre o dourado e o prata: use os dois! Porque pra quem pensa que os dois não se misturam, enganou-se. Como já foi dito, durante a composição do look, tudo é permitido, desde o equilíbrio seja respeitado. Um exemplo disso, é escolher uma das cores para ser a protagonista, e a outra como coadjuvante em pontos específicos da montagem.